Aminoácidos: Essenciais e Não Essenciais

Os aminoácidos são os blocos construtivos das proteínas. Um α-aminoácido é constituído basicamente de um átomo central de carbono, chamado de carbono α, que é ligado a um grupamento amina (—NH2), uma carboxila (—COOH), um átomo de hidrogênio e um grupamento R diferenciado. O grupamento R é referido como uma cadeia lateral. Com quatro grupamentos diferentes conectados ao átomo de carbono α tetraédrico, os α-aminoácidos são quirais; as duas formas em imagem especular são chamadas de isômero L (levogiro) e D (dextrogiro) (forma racêmica do aminoácido, também chamada de DL em algumas literaturas).

isomero aminoacido
isomeria dos aminoácidos
Os aminoácidos encontrados nas proteínas são sempre isômeros L (exceto a glicina, que é um aminoácido mais simples, que não tem isômero ótico). Contudo, os aminoácidos da forma D ocorrem ocasionalmente na natureza, e podem ser obtidos geralmente através de sínteses em laboratórios.

Os 20 aminoácidos das proteínas

 
Embora existam diversos tipos de aminoácidos, apenas 20 aminoácidos ocorrem naturalmente nas proteínas. Uma única molécula de proteína pode conter de 30 a centenas de moléculas desses aminoácidos, que podem ser combinados em um número quase infinito de formas para produzir proteínas de comprimentos, composições e estruturas diferentes. Devido a esse fato o número de proteínas é praticamente infinito, e todas as células vivas produzem diversos tipos de proteínas diferentes.

Aminoácidos essenciais


Os aminoácidos essenciais são os aminoácidos que o corpo humano não consegue produzir, para a síntese protéica. Sendo os aminoácidos essenciais, a treonina, lisina, metionina, arginina, valina, fenilalanina, leucina, triptofano, isoleucina e histidina.

Aminoácidos não essenciais


Os aminoácidos não essenciais são os aminoácidos que o corpo humano consegue produzir, para a síntese protéica, Sendo os aminoácidos não essenciais, a glicina, alanina, serina, prolina, cisteína, ácido aspártico, ácido glutâmico, asparagina, glutamina e tirosina.

Referências

  • Enciclopédia Química – Clark-Hawley-Harmor- Omega- Barcelona-Espanha-1961. 
  • Fundamentos de Bioquímica – Prof. Ricardo Vieira – UFPA – Belém-Pará - 2003
  • Microbiologia 10 º Edição - Gerard J. TORTORA - Berdell R.FUNKE- Christine L. CASE- Artmed-2012
  • Bioquímica 5 º Edição –Jeremy M.Berg – John L.Tymoczko –Lubert Stryer-Guanabara Koogan -2002

Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança no trabalho e técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

0 Comentários de "Aminoácidos: Essenciais e Não Essenciais"

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem declaro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top