Lisina: Função, Benefícios e Alimentos Ricos nesse Aminoácido

A lisina (L-lisina) é um aminoácido que foi descoberto por Ferdinand Heinrich Edmund Drechsel em 1889, e a descoberta da sua estrutura química foi feita por Emil Fischer e Fritz Weigert, que elaboraram a sua síntese em 1902.
estrutura quimica lisina
estrutura química lisina

Obtenção da Lisina em Laboratório


A lisina é obtida geralmente em laboratório na forma de monocloreto. Os corpúsculos de sangue usados se hidrolisam com ácido sulfúrico e os íons sulfato são eliminados com hidróxido de bário. O filtrado se descolora com carvão ativado, e logo se acrescenta ácido pícrico.

O picrato de lisina obtido é dissolvido em ácido clorídrico, e o ácido pícrico formado se separa por filtração e então se cristaliza a lisina ao estado de monocloreto.

Função e Benefícios da Lisina


A lisina é um aminoácido essencial na alimentação do homem e dos animais, o que significa que seu corpo não pode faze lá, logo ela só pode ser obtida na alimentação ou na suplementação.

A lisina é um componente essencial de todas as proteínas e trabalha com outros aminoácidos essenciais para manter o crescimento, a massa magra e o estoque de nitrogênio no corpo.

A função da lisina é agir como precursora de vários outros aminoácidos, incluindo a L-citrulina (necessária para o metabolismo normal das proteínas) e a L-carnitina (necessária para o metabolismo da gordura). A lisina é crucial para a formação de colágeno, uma parte importante dos tecidos conjuntivos do corpo e também parece ajudar o corpo a absorver e conservar cálcio, reduzindo a sua excreção.

A lisina contribui para a produção de energia quando convertida em acetil coenzima A, um dos principais combustíveis do ciclo de Krebs. A lisina é necessária para o crescimento e para ajudar a manter o equilíbrio de nitrogênio no corpo.

A L-lisina tem muitas outras funções no corpo, porque ela é incorporada em muitas proteínas, que são usadas pelo corpo para uma variedade de propósitos. A lisina suporta um sistema imunológico saudável. Como vimos, a ingestão desse aminoácido traz diversos benefícios quando é ingerida de forma controlada.

Alimentos Ricos em Lisina


Existem diversos cereais que são alimentos ricos em lisina, tais como o trigo, o arroz, o feijão, o milho, a aveia, a cevada, a lentilha, a soja, as nozes, etc. Sendo que alguns derivados desses cereais tais como a farinha de milho, a zeína, a farinha de arroz, etc, tem um certa deficiência em lisina.

Devido a isso, esses cereais são sempre misturados com outros alimentos que contenham lisina, como por exemplo: a carne vermelha, ovos, peixes (como bacalhau ou sardinha), queijos (como parmesão e o cottage), para aumenta consideravelmente o valor nutritivo dessas proteínas vegetais.

Além desses alimentos citados acima, a levedura da cerveja, a Saccharomyces cerevisiae, também é bem rica em lisina, pois aproximadamente 40% do peso da levedura de cerveja seca consiste em proteínas que incluem todos os aminoácidos essenciais, incluindo a lisina.

Uso no Tratamento de Herpes


A lisina é usada na prevenção e tratamento de herpes labial, que é comumente causada pelo excesso de arginina, pois o vírus da herpes precisa da arginina para se multiplicar. O remédio é tomado por via oral ou aplicado diretamente sobre a pele para esse uso.

Se você leitor, toma algum suplemento rico em arginina e pobre lisina, não se esqueça de que a arginina compartilha um caminho de absorção com a lisina, sendo que se houver mais arginina no corpo do que lisina, logo o corpo não vai ser capaz de absorver lisina o suficiente.

Além disso, o excesso de arginina aumenta a chance do surgimento da herpes labial, mas você também não deve abusar da lisina, pois o excesso de lisina causa dores no estomago, diarreia e náusea.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

0 Comentários de "Lisina: Função, Benefícios e Alimentos Ricos nesse Aminoácido"

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem declaro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top