-->


O que é Leucina? – Função e Alimentos Ricos nesse Aminoácido

A leucina (L-leucina) é um aminoácido que foi descoberto por Joseph Louis Proust em 1819, quando ele a isolou em sua forma bruta a partir dos subprodutos do queijo. Sendo que posteriormente, Henri Braconnot a obteve em estado cristalino a partir dos produtos da hidrolise das proteínas do músculo e da lã, e a chamo de leucina.

No entanto, quem descobriu a sua estrutura química foi Ernst Schulze e Arthur Likiernik, em 1891. Já o primeiro a sintetizar a leucina foi Adolph Strecker em 1855.
estrutura quimica leucina formula
Estrutura química leucina

Síntese de Obtenção da Leucina


A leucina pode ser obtida através da hidrolise da caseína ou da hemoglobina com ácido sulfúrico. Onde os íons de sulfato se separam com hidróxido de bário enquanto a mistura está quente. O filtrado se descolora em carvão ativado, e se deixa esfriar. Se depositando a tirosina, que se separa por filtração. 

O filtrado é concentrado a vácuo, e acidificado com ácido clorídrico, e aquecido. Para precipitar a leucina, se acrescenta o 2-bromotolueno-5-sulfonato de sódio.

Depois se recolhe o precipitado, e trata ele com cloreto de bário, e assim se recupera a leucina do filtrado, e se recristaliza ela dissolvendo-a em água quente e amônio. A amônia é eliminada por evaporação. Assim se obtém a leucina em seu estado puro

Função da Leucina e o seu Uso por Atletas


A L-leucina é um aminoácido essencial, isso significa que não pode ser produzida pelo organismo e deve ser adquirida através de alimentos ou suplementos alimentares. A leucina é classificada como um aminoácido de cadeia ramificada (em inglês: Branched-Chain Amino Acid, BCAA), sendo o nome BCAA muito popular nas academias de musculação.

Esse aminoácido equivale a cerca de 8% da contagem total de aminoácidos nas estruturas de proteínas do seu corpo e é o quarto aminoácido mais concentrado no tecido muscular esquelético.

A L-leucina tem a função estimula a síntese de proteínas musculares e pode ser o principal combustível envolvido nas reações anabólicas (construção de tecidos). Isso a torna especialmente importantes para fisiculturistas e outros atletas em esportes que exigem força explosiva.

Os aminoácidos de cadeia ramificada como valina, leucina e isoleucina melhoram a síntese de proteínas nas células hepáticas e musculares e ajudam a promover a recuperação muscular após o exercício. Eles contribuem para a produção de energia no corpo por serem oxidados nas mitocôndrias da célula.

Além disso, esses aminoácidos de cadeia ramificada são usados por Body Builder e atletas para produzir um efeito anabólico e auxiliar no reparo de micro-lágrimas no tecido muscular, que é o resultado normal de um exercício.

Acredita-se que a leucina seja o aminoácido de cadeia ramificada mais eficaz para impedir a queima de reservas musculares no corpo durante os treinos intensos, pois é convertida em glicose mais rapidamente do que a isoleucina e a valina.

Alimentos Ricos em Leucina


Os alimentos ricos em leucina incluem frango, carne, porco, peixe (atum), tofu, feijão, leite, queijo, sementes de abóbora e ovos. A ingestão diária recomendada de leucina é algo entorno de 39 mg por quilograma de peso corporal, mas isso varia bastante se a pessoa for sedentária ou esportista, pois o consumo de leucina por um atleta é maior.

A deficiência desse nutriente é bem rara, pois os alimentos proteicos contêm esse aminoácido. No entanto, os veganos e vegetarianos sem fontes adequadas de proteínas podem sofrer de uma deficiência desse aminoácido. Os sintomas são bem-parecidos com os de uma hipoglicemia, e podem incluir tonturas, fadiga, dores de cabeça, irritabilidade, etc.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

Marcadores : aminoacidos
2 Comentários de "O que é Leucina? – Função e Alimentos Ricos nesse Aminoácido"

Obrigada. Penso que esta onda de tantos suplementos nao se faz necessario no praticante de atividade fisica, pois uma dieta equilibrada fornece tudi que precisamos. Ou será que a suplementaçao traria algum ganho na preservaçao da massas muscular ao longo dos anos ?

Olá Anônima

A suplementação pode até ajudar na preservação da massa muscular, mas tendo uma boa alimentação e praticando alguma atividade física, já ajuda bastante na preservação da massa muscular.

A suplementação é geralmente recomendada para pessoas que gastam muita leucina, ou seja, pessoas (ou atletas) que fazem treinos bem puxados. Caso você não faça algo do gênero, eu nem recomendo, pois não vai trazer beneficio.

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top