-->

O que é Serina? – Função, Benefícios e Alimentos Ricos nesse Aminoácido

A Serina (acido α-amino-β-hidroxipropiónico) [ CH2(OH)CH(NH2)COOH] é um aminoácido que foi descoberto pelo químico alemão Emil Cramer em 1865, sendo que devido a dificuldade para isola-lo das proteínas, esse aminoácido acabou ficando em total esquecimento por mais de 30 anos.

Em 1902, Hermann Emil Fischer e Friedrich Hermann Leuchs conseguiram obtê-lo através de uma síntese a partir de aldeído glicólico usando o método de Strecker.

estrutura química serina formula
Estrutura química da serina

Síntese e Obtenção da Serina


A síntese de obtenção da serina (também chamada de L-serina) é preparada pela hidrolise da fibroína (proteína normalmente produzida por aranhas, bicho da seda e entre outros artrópodes) com ácido sulfúrico. Nessa reação, os íons de sulfato são precipitados como sulfato de bário, e após filtração, é descolorado com carvão ativado, e concentrado a vácuo.

Nesse processo, também precipita a tirosina que é separada. A glicina é recuperada e o filtrado continua como 5-nitronaftaleno-1-sulfonato. O filtrado isento de glicina é tratado com o ácido azobenzeno-p-sulfónico, para precipitar a alanina. O filtrado obtido é isento de alanina, sendo o mesmo tratado com o ácido p-hidroxi-azobenzeno-p’-sulfónico.

Assim precipitando a hidroxi-azobenzeno-sulfonato de serina que é recolhida, e suspensa em água quente com o acetato de bário para remover o ácido sulfônico. O filtrado é aquecido e descolorido com carvão ativado, e concentrado a vácuo. Sendo assim obtida a serina bruta, que é cristalizada em álcool etílico 80%.

Função e Beneficio da Serina


A serina desempenha um papel importante em várias vias biossintéticas. Além disso, esse aminoácido é o precursor de vários aminoácidos como glicina e cisteína.

A serina também ajuda enzimas na catálise de suas reações, sendo uma dessas reações, a hidrólise de ligações peptídicas em polipeptídeos e proteínas, que é basicamente uma função importante no processo digestivo.

A serina é um aminoácido não essencial que pode ser obtido a partir da glicina. Apesar de não ser essencial, esse aminoácido é particularmente essencial para o bom funcionamento do cérebro e do sistema nervoso central.

Uma das funções da Serina é ajudar a formar os fosfolipídios necessários para criar todas as células do corpo humano. Além disso, esse aminoácido também está envolvido no funcionamento do RNA e do DNA, na formação muscular e também na manutenção de um sistema imunológico adequado.

O triptófano, um aminoácido essencial usado para produzir serotonina (um produto químico cerebral bem determinante para o nosso humor), também não pode ser produzido sem a Serina. Além disso, a falta de serotonina e triptófano causa depressão, insônia e ansiedade. Numerosas pesquisas sugerem que baixos níveis desse aminoácido são responsáveis pela síndrome da fadiga crônica e fibromialgia.

A serina é um aminoácido que é muito conhecido por oferecer vários benefícios e auxiliar na produção de imunoglobulinas e anticorpos para manter o sistema imunológico saudável, bem como por também ajudar na absorção de creatina que ajuda a construir e manter os músculos.

Alimentos Ricos em Serina


O corpo precisa de condições adequadas para a produção de Serina, sendo elas a quantidade suficiente de vitamina B e ácido fólico. Além disso, existem alguns alimentos ricos em Serina, como carnes, soja, e amendoim.

A presença de serina na alimentação ajuda aumenta consideravelmente a biossíntese da cistina a partir da metionina.

Referências


  • Enciclopédia Química – Clark-Hawley-Harmor- Omega- Barcelona-Espanha-1961.
  • Comparative Biochemistry V5: A Comprehensive Treatise - Marcel Florkin- Academic Press- Londres- Reino Unido-1963.
  • Microbiologia 10º edição – Tortora-Funke-Case- Aritmed- São Paulo- Brasil- 2012.
  • https://aminoacidsguide.com/Ser.html (acessado em 17/04/2020 as 14:33)

Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

3 Comentários de "O que é Serina? – Função, Benefícios e Alimentos Ricos nesse Aminoácido"

Muito obrigado!

Tenho um familiar diagnosticado com esclerose parcial amiotrófica conhecida tambem por ALA. será que o L-Serina se aconselha na sua prescrição médica?

Olá Anônimo

O consumo de L-serina pode até ajudar no tratamento, mas isso ainda é algo que está em estudo. O negócio é você conversar com um nutricionista que tem algum conhecimento sobre neurologia, pois uma boa dieta pode ajudar bastante no tratamento.

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top