Asparagina – Aminoácido

Descoberta por Pierre Jean Robiquet e Louis Nicolas Vauquelin em 1806, a asparagina foi o primeiro aminoácido a ser descoberto e isolado a partir de uma fonte natural, o suco de aspargo, que acabou influenciando na nomeação deste aminoácido.

estrutura quimica asparagina
Estrutura Química da Asparagina 

Asparagina na Saúde


A asparagina é um aminoácido não essencial, que é conhecido pelo seu papel fundamental na biossíntese de glicoproteínas. Além disso, ela também é fundamental para a síntese de diversas proteínas. 

No sistema nervoso humano, a asparagina está envolvida na transmissão de informações para o sistema nervoso e no desenvolvimento neural. A asparagina também aumenta a resistência do corpo à fadiga, e melhora o funcionamento do fígado (Onde ela também pode ser produzida), ajudando no metabolismo da amônia no corpo humano, permitindo o bom funcionamento do fígado.

Fontes de asparagina


A asparagina é um aminoácido, que pode ser encontrado em grandes quantidades em alimentos como carne, frango, laticínios, frutos do mar, peixe, ovos, aspargos, soja, nozes e grãos integrais.

A deficiência deste aminoácido pode causar um retardamento do metabolismo e afetar a produção e excreção da ureia, que é um resíduo do metabolização das proteínas. Além disso, a deficiência de aminoácido pode causar também depressão, tonturas e dores de cabeça.

Referências


Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança no trabalho e técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

Marcadores : aminoacidos
2 Comentários de "Asparagina – Aminoácido"

O que acontece quando se tem asparagina em excesso no nosso corpo?

Olá Luciano

A asparagina em excesso acaba saindo na urina, mas a literatura não fala muito sobre algum efeito toxico que ela possa causar. Se você está tomando algum remédio que tenha ela, fique atento, pois o seu organismo pode apresentar algum tipo de efeito alérgico. Eu te aconselho a conversar com o seu médico, pois ele vai pode te explicar melhor isso.

Espero que eu tenha te ajudado

Um abraço

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem declaro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top