-->

Reagente de Ehrlich: Definição, Usos em Testes, e Resultados

O reagente de Ehrlich é um reagente que contém p-dimetilaminobenzaldeído (DMAB), que pode ser usado em testes bioquímicos para a detecção do aminoácido triptofano em uma amostra de proteína.

O nome do teste desse reagente é uma homenagem ao ganhador do Prêmio Nobel Paul Ehrlich, que usou esse reagente para identificar e distinguir febre tifoide e diarreia simples.

foto paul ehrlich
Foto de Paul Ehrlich

O teste de Ehrlich, também conhecido como teste de aldeído de Ehrlich, tem sido usado em laboratórios para exames médicos, alguns para testes de drogas, enquanto outros para o diagnóstico de várias doenças.

Esse teste fornece um diagnóstico de doenças hepáticas, síndrome carcinoide, processos hemolíticos e oclusão do ducto biliar comum. Uma das formas comuns do teste de Ehrlich é o teste local usado para a detectar a presença de compostos psicoativos como triptaminas (como DMT) e ergolóides (como LSD).

Um teste de Ehrlich positivo é obtido para o ópio natural, pois contém triptofano. O reagente de Ehrlich também é usado para a identificação de indóis e urobilinogênio (encontrados na urina).

reação indol  p-dimetilaminobenzaldeído

A presença de urobilinogênio em alta concentração na amostra de urina auxilia no diagnóstico de icterícia hepática e hepatite.

Princípio do Teste de Ehrlich


O reagente de Ehrlich consiste em p-dimetilaminobenzaldeído. A reação que ocorre no teste é baseada no princípio de que sob condições ácidas, o reagente de Ehrlich sofre substituição eletrofílica.

A substituição ocorre no indol ou no anel benzil pirrol do triptofano para produzir um produto de condensação azul-violeta. O produto de condensação formado após a reação é ainda melhorado pela adição de NaNO2.

O reagente de Ehrlich também é usado para detectar urobilinogênio na urina. O urobilinogênio é um dos pigmentos biliares encontrados na urina em caso de defeitos hepáticos (icterícia epidêmica e cirrose) ou como resultado da formação excessiva de bilirrubina (icterícia hemolítica).

Procedimentos, Materiais Necessários e Resultados do Teste de Ehrlich


Para realizar o teste de Ehrlich, você vai tem que preparar o reagente de Ehrlich dissolvendo cerca de 0,5 a 2,0 gramas de p-dimetilaminobenzaldeído (DMAB) em 50 ml de etanol a 95%, e 50 ml de H2SO4 a 10% são adicionados. Em seguida, você precisara de uma amostra de proteína, ácido clorídrico (HCl)  concentrado, e Nitrito de sódio (NaNO2)

Já na parte de materiais será necessário tubos de ensaio, suporte de tubos de ensaio e pipetas. Para iniciar o procedimento do teste de Ehrlich, pegue uma amostra de cerca de 3-4 ml de uma solução de proteína diluída (ou urina) e adicione a um tubo de ensaio.

Em seguida, esse líquido é então fervido com 1 ml de HCl concentrado, e depois disso, se adiciona algumas gotas do reagente de Ehrlich (p-dimetilamino benzaldeído em H2SO4) ao tubo de ensaio.

Depois, o tubo de ensaio é então agitado para misturar o conteúdo corretamente. Agora no final do teste, a mudança de cor do tubo de ensaio é observada, sendo que se a cor do tubo de ensaio for uma cor azul-violeta, algumas gotas de uma solução de NaNO2 devem ser adicionadas ao tubo de ensaio para se obter uma cor azul.
resultados teste ehrlich reagente
Resultados do Teste de Ehrlich

• Resultado negativo: Um resultado negativo no teste de Ehrlich é indicado pela ausência de cor azul-violeta na adição do reagente de Ehrlich. Isso indica que a amostra não contém nenhum triptofano.

• Resultado positivo: Um resultado positivo no teste de Ehrlich é indicado pelo aparecimento de cor vermelha a roxa ou azul-violeta. A cor então muda para azul com a adição de NaNO2. Isso indica que a amostra contém triptofano.

•Alta concentração de urobilinogênio: O urobilinogênio incolor reage com o reagente de Ehrlich em meio ácido para formar um produto de condensação rosa-avermelhado, que indica uma alta concentração de urobilinogênio na urina.

Limitações do Teste de Ehrlich


•Uma reação de falso-negativo pode ocorrer na presença de infecção do trato urinário, pois os nitritos oxidam o urobilinogênio em urobilina.

• Um resultado falso negativo pode ocorrer durante alguma terapia com antibiótico, pois algumas bactérias intestinais que produzem urobilinogênio podem ser destruídas.

• O teste de Ehrlich é um teste específico para aldeído ou triptofano e não detecta outros aminoácidos ou proteínas.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

0 Comentários de "Reagente de Ehrlich: Definição, Usos em Testes, e Resultados"

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top