-->

O que é Tiroxina (T4)? - Função, Síntese, e o Teste de T4 Livre

A tiroxina (também chamada de 3,5,3',5'-tetraiodotironina ou simplesmente T4) é um dos principais hormônios secretados pela glândula tireoide, sendo o outro a triiodotironina (mais conhecido como T3).

A tiroxina é um hormônio que é derivado da união de aminoácidos iodados, que é sintetizado principalmente nas células epiteliais da tireoide. Esse hormônio foi sintetizado pela primeira vez em 1914 pelo cientista Edward Calvin Kendall, que conseguiu pioneiramente isolar este hormônio em sua forma cristalina.

foto edward kendall image quimica
Foto de Edward Calvin Kendall

Anos após a descoberta de Kendall, Charles Robert Harington descobriu a estrutura química da tiroxina e, juntamente com George Barger descobriu uma síntese para a tiroxina, em 1927.

Função da Tiroxina e as Doenças da Tiroide: Hipotireoidismo e Hipertireoidismo


A principal função da tiroxina é estimular o consumo de oxigênio e o metabolismo de todas as células e tecidos do corpo. A tiroxina é formada pela adição molecular de iodo ao aminoácido tirosina, que ocorre dentro da molécula tireoglobulina (ou tiroglobulina) que está na glândula da tireoide.

A secreção excessiva de tiroxina no organismo é conhecida como hipertireoidismo, e pode causar perda de peso inesperada, batimentos cardíacos rápidos ou irregulares, sudorese e irritabilidade.

Já a deficiência desse aminoácido causa sonolência, lentidão muscular, aumento de peso, diminuição da frequência cardíaca e mixedema, sendo esses os sintomas da doença que é conhecida como hipotireoidismo. A estrutura química da tiroxina é:


estrutura quimica tiroxina formula
Estrutura química da tiroxina

Síntese da tiroxina


Uma glândula tiroide de origem animal é desidratada e dissolvida com uma base, e não com um ácido. Por neutralização do produto gerado, se precipita uma fração rica em iodo. Esta fração é recupera por uma filtração. O filtrado é recolhido e concentrado, separando a fração insolúvel que também é rica em iodo.

Este processo é repetido varias vezes, reunindo se as diversas frações ricas em iodo, e as dialisando. A fração não dialisável é dissolvida em álcool, filtrada, evaporada e concentrada a vácuo. Assim se obtém a DL- tiroxina bruta (forma racêmica da tiroxina), que é oticamente inativa.

A L-Tiroxina (que é oticamente ativa) é obtida pela iodonização da caseína, separando se o excesso de iodo, hidrolisando a caseína iodada com hidróxido de sódio. Os passos seguintes são quase idênticos aos da obtenção da DL-tiroxina citados anteriormente.

Teste de T4 Livre


O Teste de T4 é usado para medir o nível de T4 livre, ou tiroxina livre, no seu sangue. Esse teste serve para descobrir como a glândula tireoide está funcionando.

Para o leitor que não conhece a glândula tiroide, ela fica no pescoço e tem a forma de borboleta. Existem duas formas de T4 no corpo, parte do T4 está no seu sangue ligado às proteínas, e a outra parte do T4 circula livremente, ou não está ligada a proteínas. O teste é usado para medir o T4 não ligado.

O T4 juntamente com o T3 ajuda a regular o metabolismo do seu corpo. Eles entram em ação quando estimulados pelo hormônio estimulador da tireoide (TSH), que é liberado pela glândula pituitária em seu cérebro, a Hipófise.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

0 Comentários de "O que é Tiroxina (T4)? - Função, Síntese, e o Teste de T4 Livre"

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem declaro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top