-->

Cloreto de Prata – Preparo, Propriedades Químicas e Uso

O cloreto de prata é um composto químico, que quando está em um tubo de ensaio pode rapidamente adquiri uma cor púrpura, especialmente em um laboratório ensolarado, pois o cloreto de prata pode ser dividido com uma certa facilidade em prata e cloro.

Amostra cloreto prata
Amostra de cloreto de prata

O cloreto de prata é preparado quando o cloreto de sódio é adicionado a uma solução de nitrato de prata e ocorre a formação de um precipitado branco de cloreto de prata.

Propriedades químicas do cloreto de prata


A fórmula química do cloreto de prata é AgCl. Esse composto geralmente está disponível como um sólido cristalino branco. No entanto, devido à sua sensibilidade à luz solar ou aquecimento, ele pode se tornar um azul cinza profundo após exposição prolongada à luz ou aquecimento. Isso se deve à sua decomposição em metal prata e cloro.

Estrutura química cloreto prata formula
Estrutura química do cloreto de prata

O cloreto de prata é bem conhecido por sua baixa solubilidade em água, mas pode ser dissolvido em soluções aquosas de amônia, cianeto de potássio e tiocianato de sódio. Além disso, esse composto também pode ser encontrado naturalmente na sua forma de clorargirita, que é basicamente a forma mineral do cloreto de prata.

A reação de decomposição do cloreto de prata na presença da luz é dada pela seguinte reação e resulta na formação de prata e cloro.

AgCl → Ag + Cl

Já quando o cloreto de prata reage com uma base como a amônia, ocorre a formação de íon de diaminprata e íon cloreto.

AgCl + 2NH3 → [Ag(NH3)2]+ + Cl

Usos do cloreto de prata


O cloreto de prata pode ser usado em:

  • Eletrodos de referência, como por exemplo, em medidores de pH.
  • Produção de baterias que usam magnésio como ânodo e cloreto de prata como eletrodo positivo.
  • Janelas infravermelhas onde pode ser usado em contato com muitas soluções aquosas, e. em espectrômetros FTIR, caso em que pode ser uma alternativa ao KBr, que é atacado pela água.
  • Galvanoplastia
  • Polimento de espelhos
  • Fabricação de ligas.
  • Medicamentos como antídoto que reage com o veneno para produzir um composto químico inofensivo.
  • Sais de prata que são usados em filmes fotográficos e placas.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

4 Comentários de "Cloreto de Prata – Preparo, Propriedades Químicas e Uso "

Como o cloreto de prata pode ser usado na área medica e quais os seus riscos a saúde?

Olá anônimo

O cloreto de prata possui várias propriedades desinfetantes e anti-sépticas, e também é usado no tratamento de envenenamento por mercúrio. Este composto é usado em antimicrobianos, materiais para cicatrização de feridas, desodorantes pessoais, tratamento de água e antídotos. O cloreto de prata em baixas concentrações não é prejudicial e é usado em aplicações médicas e desinfetantes.

O cloreto de prata oferece risco quando ingerido, pois este composto pode causar desconforto no trato digestivo. A ingestão de sais de prata solúveis pode induzir argiria, caracterizada por pigmentação permanente azul-acinzentada da pele, membranas mucosas e olhos. A ingestão de compostos de prata pode causar dor abdominal, rigidez, convulsões e choque.

Espero que essa resposta tenha te ajudado

Um abraço

Existe um outro meio de sintetizar o cloreto de prata além dessa mistura de nitrato de prata e cloreto de sódio?

Olá anônimo

A combinação de soluções aquosas de nitrato de prata e cloreto de sódio é o método mais fácil de se sintetizar o cloreto de prata, mas você também pode produzir o cloreto de prata a partir da reação do cloreto de cobalto (II) com nitrato de prata. Além disso, esta precipitação é geral para a reação do nitrato de prata aos sais de cloreto solúveis e não é exclusiva do cobalto e nem do sódio sozinho.

Espero que tenha entendido

Um abraço

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top