Ciclones industriais - Separadores ciclônicos

Os ciclones industriais ou separadores ciclônicos são equipamentos que empregam uma resultante entre as forças de arraste, peso, centrífuga e inércia para a separação de partículas solidas e gotículas liquidas.

Os ciclones possuem um desenho simples, baixo custo de manutenção, alem de serem largamente utilizados como elementos de coleta de material particulado, não só como equipamento de controle de poluição, mas também como elemento próprio do processo industrial na separação, sendo usado até mesmo na classificação de partículas.

ciclones industriais
Imagem de um Ciclone Industrial

Funcionamento dos Ciclones industriais


O principio do funcionamento dos ciclones é simples, um gás contendo pó é introduzido dentro do ciclone a uma velocidade media de 6 a 20 m/s.

Dentro do ciclone, as partículas de solido são separadas da corrente gasosa sob ação de uma força centrifuga, que pode variar de 5 a 2500 vezes o peso da partícula, assim permitindo a captura de partículas muito pequenas./div>

Depois a força centrifuga do vórtex do ciclone, envia as partículas solidas radialmente em direção ao fundo do ciclone, onde escorregam e são recolhidas, e o gás limpo e livre de partículas sólidas, sai pelo tubo vertical superior.

esquema funcionamento ciclone industrial
Esquema de funcionamento do Ciclone Industrial
Os ciclones podem trabalhar a seco ou a úmido, em temperaturas baixas ou a temperaturas altas até 1000°C e, a pressões que podem chegar até 500 atm.

A eficiência dos ciclones depende do diâmetro do tubo ciclone e do tamanho da partícula. Pois se as partículas forem muito pequenas e o diâmetro do tubo do ciclone não for grande o suficiente, o processo pode gerar alta perda de carga e baixa eficiência.

O projeto de ciclones é simples, e as correlações utilizadas para o cálculo destes equipamentos são empíricas, e não levam em conta nem o formato e muito menos as variações de fluxo interna deste equipamento, que muitas vezes operam com ineficiências locais, que podem ser corrigidas com o uso da fluidodinâmica computacional aumentando a eficiência do equipamento.


Referências

  • http://wwwmegaflux.com.br/1715.html (Acessado em 20/07/2012 as 16:35)
  • www.saraivavogal.com.br/ENG-426/CICLONES.pdf (Acessado em 20/07/2012 as 16:18)

Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança no trabalho e técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

2 Comentários de "Ciclones industriais - Separadores ciclônicos"

Muito bom! Esclarece de forma simples o princípio de funcionamento de ciclones industriais.

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem declaro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top