-->

Argamassas: O que é, Usos, e os tipos AC1, AC2, AC3, e AC3E

A argamassa é um material de construção composto por uma mistura de água, areia e um aglomerante, que pode ser cimento, cal ou gesso. A argamassa serve para unir ou revestir blocos, tijolos, pedras ou outros elementos na obra. A argamassa também pode ser usada para nivelar superfícies, corrigir imperfeições ou criar efeitos decorativos.

Argamassas: O que é, Usos, e os tipos AC1, AC2, AC3, e AC-3E

A escolha da argamassa adequada depende do tipo de aplicação, da resistência necessária, da absorção de água e da aderência ao substrato. Existem diferentes tipos de argamassa, classificados de acordo com o aglomerante, a proporção dos componentes e a adição de aditivos. Alguns exemplos são: argamassa de cimento e areia, argamassa de cal e areia, argamassa colante, argamassa polimérica e argamassa autonivelante.

A argamassa deve ser preparada seguindo as recomendações do fabricante ou as normas técnicas, respeitando o tempo de mistura, a quantidade de água e o tempo de utilização. A aplicação da argamassa deve ser feita com ferramentas adequadas, como colher de pedreiro, desempenadeira ou projeção mecânica. A cura da argamassa deve ser feita com umidade adequada para evitar fissuras ou descolamentos.

Importância do Traço da Argamassa


Além disso, também temos que prestar atenção no traço da argamassa, que é a proporção entre os seus componentes, que determina as suas características de resistência, durabilidade, trabalhabilidade e aderência.

O traço da argamassa pode variar de acordo com o tipo de obra, o clima, a função e a qualidade dos materiais utilizados. Por isso, é importante conhecer os diferentes tipos de traço e as suas aplicações, bem como as normas técnicas que regulamentam o assunto.

O traço da argamassa influencia diretamente na sua qualidade e desempenho. Um traço inadequado pode comprometer a resistência, a durabilidade, a trabalhabilidade e a aderência da argamassa, causando problemas como fissuras, descolamentos, infiltrações e patologias estruturais.

Para evitar esses problemas, é recomendável seguir as recomendações das normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que estabelecem os requisitos mínimos para a produção e o uso das argamassas. As principais normas são:

- NBR 13281 de 02/2023: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos - Requisitos

- NBR 13276 de 09/2016: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos - Determinação do índice de consistência

- NBR 13277 de 09/2005: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos - Determinação da retenção de água

- NBR 13278 de 09/2005: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos - Determinação da resistência à tração na flexão e à compressão

Além disso, também é importante realizar ensaios laboratoriais e de campo para verificar a qualidade das argamassas produzidas ou fornecidas por terceiros. Esses ensaios devem ser feitos por profissionais qualificados e credenciados pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Tipos de Argamassa AC1, AC2, AC3 e AC3-E, e as principais diferenças entre eles


Como já vimos acima, a argamassa é um produto colante industrializado que contém cimento, areia de granulometria controlada e aditivos. Esse tipo de produto é usado no assentamento de placas cerâmicas sobre diversas bases, sendo que para cada local existe um tipo de argamassa específica:

Argamassa AC1


A argamassa AC1 é a primeira opção na linha de argamassa colantes, esse tipo de arma é conhecido pela sua resistência à temperatura e à umidade, o que garante uma maior versatilidade ao produto.

Esse tipo de argamassa pode ser utilizado no assentamento de revestimentos e pisos cerâmicos de até 60 x 60 cm em ambientes internos. Ela é ideal para uso em áreas secas, como salas, quartos, corredores, e áreas úmidas, como banheiros, cozinhas, áreas de serviço e outros espaços similares.

argamassa AC1 AC-I - tipo e uso

Argamassa AC2


A argamassa AC2 é uma argamassa que tem uma maior quantidade de aditivos que faz com que ela ofereça uma maior aderência ao piso, sendo ela recomendado para assentamento de revestimentos e pisos de áreas internas e externas com temperaturas elevadas, maior umidade e/ou com a ação do vento.

O produto é bem interessante para áreas em que há exposição climática, logo se faz necessário usar um produto que tenha uma boa resistência a intempéries, para garantir uma maior durabilidade da instalação do piso ou revestimento.

Esse tipo de argamassa pode ser usado para revestir, por exemplo, fachadas, piscinas de água fria, paredes, lajes, pisos de área pública, pisos cerâmicos industriais e outros espaços.

argamassa AC2 AC-II - tipo e uso

Argamassa AC3


A argamassa AC3 é o tipo mais aderente entre os três tipos de argamassa colante, por causa disso ela acaba sendo a mais indicada para aplicação de peça cerâmicas maiores de 60 x 60 cm em locais que recebem insolação direta.

A sua formulação torna essa argamassa altamente aderente e resistente a temperaturas mais elevadas. Por esse motivo, essa argamassa acaba sendo a melhor escolha para ambientes com presença de calor, como saunas, piscinas de água quente e estufas, locais com tráfego intenso e também para o assentamento de placas maiores do que 60x60cm.

argamassa AC3 AC-III - tipo e uso

AC3E


A argamassa AC3E é um tipo de argamassa que é ideal para casos de insolação direta, pois ele reúne as características dos tipos 1 e 2 com maior tempo de cura. Ela pode ser encontrada nas prateleiras nas versões secas (forma de pó que precisa ser misturado com água na obra ou poliméricas), em pasta, e prontas para a aplicação.

Além da quantidade de aditivos aplicados na argamassa, outro ponto de que devemos prestar atenção no momento da compra dessa argamassa é a denominação do tipo E.

argamassa AC3e AC-IIIe - tipo e uso

Essa letra a mais no nome dessa argamassa indica que ela possui o tempo aberto estendido, ou seja, ela pode ser utilizada para assentamento de grandes placas de revestimento, pois permite ficar mais tempo em exposição antes de começar a perder suas propriedades.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é , eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou estudante de engenharia civil, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e de áreas correlatas. Se você está curtindo essa postagem, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e compartilhe com seus amigos para eles curtirem também :)

2 Comentários de "Argamassas: O que é, Usos, e os tipos AC1, AC2, AC3, e AC3E"

Anônimo
24 de dezembro de 2023 às 16:59

Quanto de argamassa se usa geralmente por metro quadrado de piso?

Pedro Coelho
25 de dezembro de 2023 às 13:53

Olá anônimo

Em média, são necessários 5 kg de argamassa para revestir 1 m² de área. Caso a colagem seja dupla — ou seja, quando a argamassa é aplicada tanto na base quanto no verso do revestimento – a quantidade de argamassa aumenta para 10 kg/m².

No entanto, o rendimento desse produto pode variar de acordo com o fabricante. Portanto, é sempre uma boa ideia verificar as especificações do fabricante antes de começar o trabalho.

Espero ter ajudado

Um abraço

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top