-->

Reagente de Barfoed – Teste para Detectar Monossacarídeos

Desenvolvido nos anos de 1870 pelo químico dinamarquês Christen Thomsen Barfoed,o reagente de Barfoed é uma solução de acetato cúprico e ácido acético que é usada em testes químico para detectar a presença de monossacarídeos.

monossacarídeo reagente de Barfoed precipitado vermelho
Quando o monossacarídeo reage com o reagente de Barfoed ocorre a formação de um precipitado vermelho com cor de tijolo

O teste desse reagente é baseado na redução do acetato de cobre (II) (também chamado de acetato cúprico (II)) a óxido de cobre (I) (também chamado de óxido cúprico (I)) (Cu2O), que forma um precipitado cor de tijolo. 

Alem disso, esse reagente de Barfoed também reage com os dissacarídeos, mas a reação é bem mais lenta pois eles precisam ser hidrolisados primeiro e, em seguida, reagir com o reagente acetato de cobre (II) para produzir óxido de cobre (I).


Reação do teste de Barfoed com a glicose
Reação do teste de Barfoed com a glicose

Princípio do Teste de Barfoed


Nesse teste, as aldoses e cetoses podem reduzir os íons cúpricos, mesmo em condições ácidas. Este teste é usado para distinguir monossacarídeos redutores de dissacarídeos, controlando o pH e o tempo de aquecimento. 

Preparo do Reagente de Barfoed e o Procedimento do Teste de Barfoed


Na bancada de laboratório, o reagente de Barfoed é preparado através da adição de solução 0,33 molar de acetato cúprico (II) neutro à uma solução de ácido acético a 1%. Após o preparo, você pega um tubo de ensaio e adiciona um ml de solução de amostra e, depois adiciona três ml do reagente de Barfoed. 

Depois você aquece esse tubo de ensaio em banho-maria e anota o tempo que leva para formação do precipitado, sendo que se um precipitado vermelho for formado dentro de dois minutos, um monossacarídeo está presente na solução. Já se o precipitado vermelho for formado após dez minutos de aquecimento, logo um dissacarídeo está presente na solução.


Um teste negativo  e um teste positivo monossacarídeo
Um teste negativo (esquerda) e um teste positivo (direita)


Diferença entre o teste de Barfoed e o teste de Benedict 


Esse reagente é um pouco parecido com reagente de Benedict, pois ambos conseguem reagir com os monossacarídeos. No entanto, esses reagentes possuem algumas diferenças e dentre elas estão: 

  • O pH que é mais baixo (cerca de 4,5) e o tempo de aquecimento que é cerca de 2 minutos para detectar a presença de monossacarídeo.
  • O uso, pois o teste de Benedict é usado para determinar se a amostra é um açúcar redutor, já o teste de Barfoed é usado para determinar se a amostra é um monossacarídeo ou dissacarídeo.

Referências



Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

Marcadores : quimica-organica
0 Comentários de "Reagente de Barfoed – Teste para Detectar Monossacarídeos"

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top