-->

Processo de Lixiviação: O que é, Métodos, e o seu Uso no Solo

A lixiviação (conhecida também como “arraste” ou “lavagem”) é um processo de extração, que consiste basicamente na remoção de compostos inorgânicos ou orgânicos de rochas minerais, solo, resíduos sólidos, etc., para beneficiamento no caso das rochas minerais e, para análise de compostos químicos, no caso de solo e resíduos sólidos. Sendo um processo muito utilizado na indústria metalúrgica e química.

agitador mecanico usado processos lixiviaçao solo
Agitador mecânico usado em processos de lixiviação de solo

Como Funciona o Processo de Lixiviação


Em um processo de lixiviação, os compostos químicos são removidos através do uso de um solvente (podendo ser um ácido, uma base ou até a própria água), que tenha afinidade com o composto químico a ser removido.

Esse composto químico removido pode ser uma impureza, como no caso de beneficiamento de minérios em indústrias metalúrgicas, ou alguns compostos que se pretende analisar quantitativamente e analiticamente, como no caso da análise de solos e resíduos.

O processo de lixiviação também pode ser usado empregando-se microrganismos (bactérias quimioautotróficas), que capazes de solubilizar metais através da oxidação de sulfetos metálicos. Esse processo de lixiviação empregando microrganismos é conhecido como lixiviação bacteriana (também chamado de biolixiviação) e, é muito utilizado no tratamento de efluentes.

esquema processo biolixiviação bacteriana
Esquema do Processo de Biolixiviação

Métodos de Lixiviação


Existem vários métodos de lixiviação e, abaixo você ver encontrar um pouco sobre alguns deles, sendo que dentre eles estão:

Lixiviação no local “in situ” é um Método para uma escala muito grande, sendo necessário fazer obras de grande porte para abrir galerias, impermeabilizar o terreno, instalar chuveiros para distribuir o solvente e bombas para retirada da solução.

Esse método é caracterizado pelo alto custo, maior consumo de solvente e tempo de espera, para o recolhimento da solução, pois é um bastante demorado que pode levar até alguns anos para ser concluído.

metodo de lixiviação in situ esquema
Método de lixiviação in situ (Fonte: BRGM e traduzido por Pedro Coelho)

Na lixiviação em pilha ou em depósito (“heap” ou “dump”): o minério é trazido por caminhões até uma piscina artificialmente preparada com chuveiros de solvente e tubos perfurados no fundo para a retirada da solução. O tempo de retirada da solução pode demorar algumas semanas ou meses.

Processo lixiviação em pilha ou deposito
Processo de obtenção de Urânio (também conhecido como Yellow-Cake) através da lixiviação em pilha

Já a Lixiviação por percolação ou cuba (“Vat”) é uma lixiviação feita num recipiente, onde percola o solvente através de minérios existentes em vários recipientes em série num esquema continuo de contracorrente.

processo de lixiviaçao percolação cuba vat
Foto de um processo de lixiviação por percolação ou cuba (“Vat”)
O método de lixiviação em tanques pachuca é caracterizado por 2 características, sendo uma delas utilizar uma polpa com relação liquido/sólido elevada e a outra é o sopro de ar comprimido, o que proporciona agitação e, se for útil, também oxidação.

tanques pachuca lixiviaçao
Tanques Pachuca
O método de lixiviação sob pressão em autoclaves pode trabalhar com temperaturas acima do ponto de ebulição do solvente, o que favorece a cinética. O ciclo de lixiviação, nestes casos, pode ser de poucos minutos até algumas horas.


lixiviaçao por pressao autoclave
Subprocesso de lixiviação por pressão, onde os metais se dissolvem para processar a solução dentro de uma autoclave

Referências


Sobre o autor


Pedro Coelho Olá meu nome é Pedro Coelho, eu sou engenheiro químico, engenheiro de segurança do trabalho e Green Belt em Lean Six Sigma. Além disso, também sou técnico em informática, e em parte de minhas horas vagas me dedico a escrever artigos aqui no ENGQUIMICASANTOSSP, para ajudar estudantes de Engenharia Química e outros cursos. Se você acha legal esse projeto, siga-nos através de nossas paginas nas redes sociais e ajude-nos a divulgar essa ideia, compartilhando com seus amigos as nossas postagens.

5 Comentários de "Processo de Lixiviação: O que é, Métodos, e o seu Uso no Solo"

O que é a lixiviação do concreto?

Olá anônimo

Isso aí é um dos problemas comuns causados por infiltrações na área da construção civil, pois é basicamente causado pelo contato da estrutura do concreto com água. Esse tipo de coisa ocorre, pois durante o processo de hidratação do cimento ocorre a formação de hidróxido de cálcio (Ca(OH)2), e quando esse composto entra em contato com a água, pode o mesmo ser dissolvido e carregado para fora da superfície do concreto.

A lixiviação dos compostos de cal do concreto pode levar à formação de carbonato de cálcio (CaCO3) ou sulfato de cálcio (CaSO4) na superfície do concreto. No entanto, o mais comum é ocorrer a formação de carbonato de cálcio que é resultante da reação entre o hidróxido de cálcio lixiviado e o dióxido de carbono (CO2) da atmosfera.

O pessoal da área da engenharia civil diz que a lixiviação do concreto é meio que uma patologia, pois esse problema pode danificar a estética do concreto, deixando ele com manchas brancas, ou provocando um clareamento geral da superfície do concreto.

Além disso, a reação do hidróxido de cálcio com o dióxido de carbono também pode causar fissuras e rachaduras, sendo que isso em casos mais graves pode comprometer a durabilidade das estruturas de concreto.

Uma das melhores maneiras de se tratar essa patologia é evitando que ela aconteça. Para minimizar esses problemas, certifique-se de usar uma cinza volante classe F para reduzir a quantidade de hidróxido de cálcio no concreto.

Uma outra dica importante é ter uma barreira de vapor instalada, evitando que a água do subleito chegue à superfície. Além disso, certifique-se sempre de aplicar selante e revestimentos sobre as superfícies de concreto para remover a água desnecessária da superfície.

Espero que tenha entendido

Um abraço

Eu ainda to com algumas duvidas aqui, você também sabe o que é a lixiviação de nutrientes na agricultura?

Na agricultura, a lixiviação de nutrientes é a perda de nutrientes solúveis em água do solo, devido à chuva e irrigação. Nesse tipo de lixiviação, a estrutura do solo, o plantio da safra, o tipo e as taxas de aplicação de fertilizantes e outros fatores devem ser levados em consideração para evitar a perda excessiva de nutrientes.

Esse problema surgiu devido ao uso irresponsável de fertilizantes químicos pela agricultura convencional, que acabou perturbando o ciclo natural dos nutrientes de várias maneiras. Hoje em dia, os agricultores estão bem atentos em relação a essa perda de nutrientes, e boa parte deles adota algumas medidas de manejo para reduzir essa perda, e recuperar a fertilidade do solo, dentre essas medidas de manejo estão:

A Plantação de cobertura de inverno ou cultura necrófaga.

A construção de um solo orgânico saudável, usando práticas como cultivo de cobertura e aplicações de compostagem.

A realização de testes anuais de solo e uso de matéria orgânica, pH e níveis de micronutrientes para planejar uma boa estratégia de fertilização.

O uso de aplicações parceladas de fertilizantes de nitrogênio em safras de longa temporada; dependendo de nitrogênio mineral para safras de curta temporada.

O gerenciamento da irrigação.

Espero agora ter acabado com todas as suas duvidas ;)

Um abraço

Os comentários são sempre bem vindos, pois agregam valor ao artigo. Porém, existem algumas regras na Política de Comentários, que devem ser seguidas para o seu comentário não ser excluído:
- Os comentários devem estar relacionados ao assunto do artigo.
- Jamais faça um comentário com linguagem ofensiva ou de baixo calão, que deprecie o artigo exposto ou que ofenda o autor ou algum leitor do blog.
- Não coloque links de sites ou blogs no corpo do texto do comentário. Para isso, assine com seu Nome/URL ou OpenID.
-Não coloque seu email e nem seu telefone no corpo do texto do comentário. Use o nosso formulário de contato.
- Se encontrar algum pequeno erro na postagem, por favor, seja bem claro no comentário, pois a minha bola de cristal não é muito boa.
- Tem vezes que eu demoro pra responder, mas quase sempre eu respondo.
- Não seja tímido, se você tem alguma duvida ou sabe de algo mais sobre o assunto abordado no artigo, comente e compartilhe conosco :)

Back To Top